Coberturas descontaminantes

Coberturas que descontaminam utilizando a energia do sol. Isso é a fotocatálise.

Antes que possamos entender o que é uma cobertura descontaminante, a primeira coisa que precisamos de entender é o que é a fotocatálise.

A fotocatálise parte do princípio natural de descontaminação da própria natureza. Assim como a fotossíntese, graças à luz solar, a planta é capaz de remover CO2 para gerar matéria orgânica, a fotocatálise remove outros contaminantes comuns na atmosfera, como NOx, SOx, VOCs, através de um processo de oxidação ativado pela energia solar.

A fotocatálise é uma reação fotoquímica que converte energia solar em energia química. Ao incidir os raios UV na superfície de um catalisador ou substrato – que geralmente é um material semicondutor -, é alcançada uma aceleração da velocidade de reação, levando a processos tanto de oxidação como de redução. Deste modo, é promovida a eliminação da maioria dos contaminantes nas cidades.

Através da fotocatálise, a maioria dos contaminantes presentes nas áreas urbanas podem ser removidos: NOx, SOx, compostos orgânicos voláteis (COV), CO, metil mercaptano, formaldeído, compostos orgânicos clorados, compostos poliaromáticos. Os materiais de construção tratados com um fotocatalisador eliminam principalmente as partículas de NOx produzidas por veículos, indústria e produção de energia.

O fotocatalisador mais utilizado é o dióxido de titânio (TiO2) e os produtos derivados deste.

As coberturas descontaminantes por fotocatálise são construídas a partir de membranas autoprotegidas para a impermeabilização de coberturas não transitáveis, que funcionam como catalisadores graças à sua proteção mineral aditivada TiO2.

As coberturas de descontaminação são capazes, dependendo das condições climáticas, de neutralizar grandes quantidades de NOx por ano, comparáveis à quantidade de emissões emitidas por mais de 20 veículos que circulam durante o mesmo período de tempo.

Nesse sentido, as coberturas de descontaminação fotocatalíticas estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pelas Nações Unidas para 2030. Estes contribuem para a Saúde e Bem-estar (objetivo 3), para as Cidades e Comunidades Sustentáveis (objetivo 11) e para a Ação Climática (objetivo 13). Claramente, a descontaminação e purificação do ar é fundamental para o futuro da sociedade.

É importante notar que na AIFIm contamos com alguns fabricantes que desenvolvem esta tecnologia e oferecem soluções fotocatalíticas altamente eficientes para coberturas.